abril 03 2016 0Comment

Quero ter uma vida mais saudável, por onde começo?

pizza e tvNossa sociedade vem adquirindo hábitos altamente prejudiciais a saúde, como os fast foods, diminuição da atividade física, alto consumo de comida industrializada, uso indiscriminado de medicamentos, entre outros. Sem contar no aumento do estresse por conta das inúmeras responsabilidades e situações que nos deparamos no dia a a dia.

Porém num certo momento, muitas pessoas querem virar esse jogo, as vezes por conta de um problema de saúde, ou porque adquiriram alguns quilinhos, ou ainda por não se sentirem bem com essa rotina e desejam mudar seu estilo de vida. Nesse momento vem a pergunta: Quero ter uma vida mais saudável, por onde começo?

Então, baseada nos meus estudos, experiencia pessoal e profissional reuni para vocês alguns pontos essenciais por onde você pode iniciar sua transformação. Eles se dividem em 3 pilares e são a base de todo o meu trabalho: Atividade Física, Alimentação Saudável e Auto Estima. Esses três pilares andam juntos e todos devem ser fortalecidos, pois um apoia o outro e de nada adianta trabalhar só um deles, pois sua mudança não será completa e provavelmente você irá sucumbir e voltar aos velhos hábitos prejudiciais a saúde. Vamos agora aprender a como iniciar o trabalho com cada um dos pilares

 

ATIVIDADE FÍSICA

Não dá para falar em vida saudável sem falar em atividade física, um corpo sadio se movimenta. Antes de tudo faça um check up para verificar se sua saúde está em dia. Depois da liberação médica busque algo que você tenha afinidade e tenha relação com seu objetivo, lembrando que é interessante trabalharmos a parte cardio respiratória, a força e a flexibilidade. A seguir vou explicar cada uma delas:

 

corrida

Exercícios cardio respiratórios

São os tão falados exercícios aeróbios, que melhoram nosso folego ao subir uma escada e queimam as gordurinhas estocadas. São exemplos: caminhada, corrida, natação, dança, bike, etc.

 

 

musculaçãoExercícios de força: o treinamento de força mais conhecido é a musculação, podemos citar também o treinamento funcional, o cross fit e até alguns exercícios de pilates e yoga. Esses treinamentos são essenciais para a manutenção da saúde, pois vão manter sua taxa metabólica acelerada, além de garantir a força para as atividades do dia a dia, como levar as compras, pegar uma caixa do chão, entre outras.

 

 

 

AlongamentoExercícios de flexibilidade: eles são essenciais para a manutenção da postura e mobilidade articular, além de proporcionarem sensação de relaxamento. São importantíssimos para quem tem algum desvio postural e quer fugir do estresse. Sâo eles: yoga, pilates e alongamento.

 

 

 

Está em dúvida do que é melhor para você e precisa de ajuda? Converse com um educador físico, ele pode te ajudar a criar uma rotina de exercícios.

Além dos exercícios programados, você pode incluir hoje mesmo algumas atividades físicas na sua rotina, como por exemplo, subir as escadas ao invés do elevador, ir até a padaria ou a feira a pé, passear com seu cachorro, ir ao parque aos finais de semana. Faça essas alterações hoje mesmo e dentro de um mês já sentirá a diferença.

 

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

alimentação saudávelAbastecer seu carro com um bom combustível para que ele tenha o melhor desempenho e não prejudique o funcionamento do motor é essencial não é mesmo? Com seu corpo é a mesma coisa! Dê os nutrientes que ele precisa e veja sua máquina funcionar perfeitamente.

Uma dieta saudável é sempre polêmica, mas antes que você saia cortando ou incluindo vários alimentos, procure o equilíbrio. Caso você tenha comido uma feijoada no almoço, jante uma salada. Se comeu um doce a tarde, compense com uma sopa leve.

Comer até sentir que não cabe mais nada também está fora de questão. Nós confundimos saciedade com aquela sensação de empanturramento. Portanto coma devagar e preste atenção na sua relação com a comida. Nosso cérebro envia sinais de que já comemos o suficiente e aí a comida passa a perder o sabor.

Prefira sempre os alimentos frescos aos industrializados, inclua alimentos de todos os grupos para não ter carência de nenhum nutriente. Diminua a ingestão de açúcar, sal e gordura pois esses alimentos em excesso contribuem para o aumento da glicemia, aumento da pressão e acumulo de gorduras.

Prepare sua comida. Quando preparamos as nossas refeições sabemos exatamente o que está sendo colocado no prato, diferente dos restaurantes e fast foods. Além disso durante o preparo é como se fizéssemos uma “pré digestão”, pois vamos sentindo os aromas e os sabores e prestando atenção no alimento que está sendo preparado. Tudo isso alimenta nosso cérebro de certa forma e quando sentamos a mesa com o prato pronto o nível de fome é bem menor do que se pedirmos uma pizza. Além do que cozinhar é uma tremenda terapia!? Ou você não acha?

beba mais aguaTome no mínimo 2 litros de água por dia. A água é essencial para a sobrevivência de todos os seres vivos. Ela está presente em 70% do nosso corpo e é responsável por muitas reações bioquímicas. Para atingir essa quantidade, procure beber um copo de água logo ao acordar (esse foi um dos primeiros hábitos que adquiri quando iniciei meu processo de emagrecimento) e distribua o restante ao longo do dia em porções de 500 ml e estabeleça um horário para beber cada uma delas. Vale carregar as garrafinhas no carro, ou deixar em cima da mesa do trabalho. Para não ter desculpa, antes de deitar encha as 4 garrafinhas de 500 ml, assim já estará abastecido para o próximo dia.

Depois que tomou essas medidas, procure um profissional da nutrição para elaborar uma dieta adequada ao seu estilo de vida. Conhecer melhor os alimentos também é essencial para que você possa fazer boas escolhas onde quer que esteja.

 

AUTO ESTIMA

auto estimaEla é responsável por nossa forma de olhar para nós mesmos e na capacidade de acreditarmos que somos capazes. Então, não hesite em fortalecer sua auto estima! Ela nos afasta dos relacionamentos e pensamentos negativos e nos ajuda a passar pelos momentos de dificuldade com sabedoria. Estar com a auto estima em dia é se amar e se aceitar principalmente, valorizando aquilo que temos de melhor e buscando situações que tragam paz e felicidade.

Quando perceber que sua confiança está abalada, coloque uma boa roupa, arrume o cabelo, coloque um belo sorriso no rosto, pois nenhum pensamento negativo resiste a uma atitude positiva. Busque situações que te façam crescer e pessoas que te coloquem para cima, fuja dos sabotadores de almas.

Algumas situações que causam estresse podem interferir diretamente na nossa auto estima. Apesar de fazer parte da nossa vida e nossa evolução, quando o estresse começa a roubar nossa energia e causar danos ao nosso bem estar chegou a hora de organizar a casa e resolver as situações que lhe causam mal. Procure tirar um tempo para refletir sobre sua vida e faça uma lista das coisas e situações que trazem desconforto e pondere quais são os itens que você pode resolver e quais itens você terá que conviver e contornar. Elabore um plano de ação a partir daí e procure colocá-lo em prática. Tenho certeza que você conseguirá lidar melhor com essas situações depois de refletir sobre elas.

Separe um tempo para o seu lazer e faça coisas que lhe tragam prazer, pode ser um bate papo com os amigos, uma boa leitura, um tempo com a família, um bom filme, não importa! O que está em jogo aqui é você ter um tempo para se reenergizar e aproveitar a vida.

sonoOutra coisa que afeta a nossa auto estima e nossa saúde é o sono. Uma noite mal dormida para muitos significa um dia pouco produtivo e com muito mau humor, mas não é para menos. Durante o sono nosso corpo é reparado e uma série de estímulos ocorrem, principalmente no que diz respeito aos nossos hormônios. Portanto procure ter de 6 a 8 horas de sono, desligue a televisão e os equipamentos eletrônicos próximo ao horário de dormir, tome um chá de erva doce, cidreira ou camomila antes de deitar.

Buscar o auto conhecimento também é essencial para nos entendermos e definirmos nossos limites. Entender porque temos determinadas reações a algumas situações é essencial para conseguir mudar o padrão de comportamento.

Caso você sinta que precisa de ajuda para algumas situações procure um profissional da psicologia, ele pode te ajudar com essas questões que você tem mais dificuldade. Não precisa ter receio! Eu mesmo fiz terapia por quatro anos e posso afirmar que o processo me ajudou em tudo, desde a melhorar minha compulsão alimentar quanto as minhas relações pessoais e desempenho no trabalho.

 

Espero ter ajudado vocês a dar mais uma passo rumo a sua melhor versão!

Gostou?! Compartilhe com os amigos

Caso tenham alguma dúvida não hesitem em deixar um comentário

 

Até o próximo post =)

 

 

Write a Reply or Comment