maio 08 2016 0Comment

Alimentação Saudável na Gravidez

Para comemorar o Dia das Mães preparamos para vocês esse post com dicas para as mamães que querem ser saudáveis desde o início da gravidez.

Na gestação o atendimento das recomendações nutricionais maternas tem grande influência no desenvolvimento e crescimento do feto.

Os requerimentos aumentados nesse período são necessários para promover o adequado ganho de peso gestacional e o desenvolvimento do bebê. As recomendações vão variar de acordo com o estado nutricional pré-gestacional e estilo de vida das mulheres.

O primeiro trimestre caracteriza-se por grandes modificações biológicas e a saúde do embrião vai depender da condição pré-gestacional da mãe, ou seja, o cuidado com a alimentação deve sempre que possível começar antes da própria gestação.

O segundo e o terceiro trimestre integram outra fase, onde o ganho de peso adequado, a ingestão adequada de nutrientes, o fator emocional e o estilo de vida serão determinantes para o crescimento e desenvolvimento normais do feto.

No primeiro trimestre, a gestante deve manter uma alimentação balanceada e de qualidade, respeitando os horários das refeições e nunca ficando mais de 3 horas sem se alimentar, considerando que geralmente não há acréscimos nesse período.

As refeições devem ser compostas por um alimento energético, uma fonte proteica e alimentos que contenham vitaminas e minerais (frutas e verduras).

No segundo e terceiro trimestre é necessário manter a qualidade alimentar e aumentar as necessidades energéticas, que é individual dependendo de cada gestante, mas esse aumento energético costuma ser em torno de 200 a 300 Kcal a mais por dia, levando em conta atividade física e peso pré-gestacional da gestante. Essas calorias adicionais sempre devem ser advindas de alimentos com alto valor nutritivo, e não através de calorias consideradas “vazias”. Não é por que estamos grávidas que temos que comer por dois, isso é um mito. A verdade é que devemos consumir nutrientes por dois. O ganho de peso excessivo na gestação está relacionado com obesidade infantil futura, diabetes gestacional e aumento da pressão arterial durante a gestação/parto.

O ferro é um mineral muito importante na gestação, para o crescimento do feto e da placenta e também será necessário para repor as perdas sanguíneas durante o parto. As fontes de ferro melhor aproveitadas pelo organismo são as provenientes das carnes vermelhas. O ferro contido nos grãos e vegetais necessita de uma fonte de vitamina C para ser melhor absorvido.

De modo geral, a gestante deve manter uma alimentação saudável incluindo vegetais, frutas variadas, grãos, carboidratos de preferência os integrais, carnes magras, e evitar os embutidos, frituras e doces.

Toda gestante deve ingerir muito líquido, em torno de 2 litros por dia, e preferencialmente água, dessa forma além de hidratar, você ainda está se prevenindo  de uma infecção urinária, tão temida nas gestações.

Nessa fase tão importante de sua vida, agende uma consulta com um nutricionista, para que o profissional possa acompanhar a curva de crescimento do seu bebê e orientá-la em relação à alimentação de maneira específica, dependendo da sua condição pré-gestacional e estilo de vida.

Espero que tenham gostado!

Compartilhem com suas amigas que são ou querem ser mamães.

Write a Reply or Comment